GKA Events | GKAEvents

Sign In

Uma conversa sobre identidade e a raça a partir dos estudos do cotidiano

Identifier

Event

Language

Presentation type

Topic it belongs to

Subtopic it belongs to

Title of the presentation (use both uppercase and lowercase letters)

Presentation abstract

Um dos objetivos desta comunicação, após identificação e análise realizada a partir observação e do material trabalhado no ensino médio, é demonstrar, na prática docente, alguns dos discursos homogeneizantes que produzem desigualdades e exclusão, principalmente na rede pública de Educação. Os preceitos de desigualdade e exclusão têm sua composição, suas mutações e sua materialização construídos no âmbito dos conflitos presentes nas relações sociais, nas quais ocorrem a intervenção de grupos sociais formados em função do seu estrato social, gênero, etnia, língua (com suas variações), cidade/bairro, sexo, etc. Esses conflitos vêm sendo fortemente reproduzidos no ambiente escolar em virtude da hegemonia de um pensamento que encara as desigualdades como normalidade, produzindo, com eficácia, a discriminação. Eficácia essa da qual não se pode determinar o grau, já que varia de acordo com o tempo histórico ou a sociedade em que ocorre e outros fatores. Já na desigualdade, o aspecto classe tem função predominante, embora a sua eficácia discriminatória dependa de outros aspectos ligados especificamente à etnia e ao sexo.

Long abstract of your presentation

Um dos objetivos desta comunicação, após identificação e análise realizada a partir observação e do material trabalhado no ensino médio, é demonstrar, na prática docente, alguns dos discursos homogeneizantes que produzem desigualdades e exclusão, principalmente na rede pública de Educação. Os preceitos de desigualdade e exclusão têm sua composição, suas mutações e sua materialização construídos no âmbito dos conflitos presentes nas relações sociais, nas quais ocorrem a intervenção de grupos sociais formados em função do seu estrato social, gênero, etnia, língua (com suas variações), cidade/bairro, sexo, etc. Esses conflitos vêm sendo fortemente reproduzidos no ambiente escolar em virtude da hegemonia de um pensamento que encara as desigualdades como normalidade, produzindo, com eficácia, a discriminação. Eficácia essa da qual não se pode determinar o grau, já que varia de acordo com o tempo histórico ou a sociedade em que ocorre e outros fatores. Já na desigualdade, o aspecto classe tem função predominante, embora a sua eficácia discriminatória dependa de outros aspectos ligados especificamente à etnia e ao sexo.

Keywords (use both uppercase and lowercase letters)

Main author information

Luiz Carlos de Sá Campos (Brazil) 2417
Scientific production

Co-authors information

Status:

Approved